quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

NORDESTE DE ANTIGAMENTE: GALINHAS DE PEREIRO

No passado, comprar um brinquedo de fábrica era um sonho distante de muitas crianças do sertão nordestino. Mas as crianças daqui sempre davam um jeito de se divertirem quando não estavam ajudando os pais, uma das maneiras de diversão era improvisar os brinquedos com as plantas da caatinga, o fruto do Pereiro era um era uma das preferidas, com ele as crianças fingiam possuir galinhas ou selas dos animais

Internautas comentaram por meio do Facebook. Curta a página Blog Cícero Lajes no Facebook!

Ramon Procopio Ou outras orelhas.
Raimunda Ribeiro Tavares Brinquei muito galinhas de pereiro quando criança amei essa postagem LINDA grandes recordações!

Rivanda Bezerra Da Silva Faustino Lembrança Inesquecível tirei muitas galinhas de pereiro para meus filhos brincarem Dede Faustino e Rizalva Faustino Obrigado por não deixa eu esquecer

Lázaro Edilza Encontrei uma vez, indo a pelo sinal, desci e trouxe umas, brinquei tanto, tão pouco , mas era tão feliz

Walfreda Silva lembro muito brinquei com essas galinhas

Eliene Novais Affff bbrinquei muito c essas galinhas, e a cera d pereiro fazia d chicletes kkkkk

Nizangela Laureano Cíiiiicero!! Que massa faz tempo que não vejo uma dessas... a cara da nossa infância!!

Boris Marinho Cicero eu e minha irmã brincamos muitos com estes frutos do Pereiro

Wlisvan Ana Galinha de pereira era de vertido

Lázaro Edilza Eliene Novaes, Também fazia chiclete kkkkkk

Josy Pereira Pois é tivemos infância minha gente tudo pra gente servia de brinquedo bons tempos 😍

Sonia Albuquerque Biro, furei muito os meus dedos p botar pé nas galinhas . Kkkkkkkkkkkk ou tempo bom !!!

Rutineide Teixeira Q imagem linda .👏👏👏 E com elas veio as lembranças boas da infância..

Patricia Marques Brinquei muito quando não tava ajudando minha mãe com a lenha estava brincando com essas galinhas e tinha o pente de macaco ver se tu acha Cícero e tirar uma foto. Lembro de quando enganchava em meus cabelos pense em uma lutar pra tirar . Kkkk

Eliene Novais Eu acho linda e uma delícia fruta d sodoro (xique xique) faz muito tempo q eu não vejo, hó infância maravilhosa,eu era feliz e não sabia

Jose Carlos Pereira Brinquei muito

Carla Adriana Conheço d +

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

TRILHA COM OS ALUNOS DO MAIS EDUCAÇÃO / ESCOLA MONSENHOR VICENTE

 Hoje, 06/12/2016, fiz uma trilha com os alunos da Escola Municipal Monsenhor Vicente de Paula dentro do Projeto Mais Educação. O destino da aula de campo foi a Fazenda Cacimba de Cima, no município de Fernando Pedroza.

Lá os meninos tiveram contato com a arquitetura ímpar da fazenda, os animais domesticados como gado, cavalos, bodes e, alguns silvestres como a raposa; além da representativa flora como juazeiro, xique xique, macambira, cardeiro, jurema, entre muitas outras.

Ainda deu tempo de contar causos e cordéis.

KIMURA NOVA UNIÃO/LAJES, BONS RESULTADOS NO TREMORES KOMBAT DE JIU JITSU


4 Atletas do Jiu-Jitsu de Lajes juntos trouxeram 7 medalhas neste domingo dia 04 no campeonato I TREMORES COMBAT DE JIU-JITSU Em João Câmara  RN, com garra, determinação e humildade os atletas a cada competição é um novo desafio, porém as dificuldades apenas servem de perseverança a cada um, são eles:

Kairon, Juvenal, Marcos pica pau e Wallace
Vamos ver a colocação de cada um...

Juvenal Vice - Campeão na Categoria Pluma Branca

Kairon Campeão Da Categoria Azul Pluma E Terceiro Lugar Absoluto Leve

Marcos Pica Pau Campeão Categoria Pena Branca  E Campeão Absoluto Leve

Wallace Campeão Da Categoria Galo Branca E Terceiro Lugar No Absoluto Leve.

Mais uma vez atletas de Lajes leva o nome da cidade em suas bagagens...
PARABÉNS

Fonte: Blog Cabugi Notícia

sábado, 3 de dezembro de 2016

03 DE DEZEMBRO DE 2016, LAJES COMPLETA 93 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

Lajes - Rio Grande do Norte
População estimada 2016¹: 11.234
População: 2010: 10.381
Área da unidade territorial 2015: (km²) 676,625
Densidade demográfica 2010: (hab/km²) 15,34
Código do Município:  2406700
Gentílico:  lajense
Prefeito: Luiz Benes Leocádio De Araujo

Histórico (Versão Oficial)
Uma fazenda pertencente a Francisco Pedro de Gomes Melo, no idos de 1825, representou os primeiros sinais de povoamento na localidade.

A localidade de Lajes, por estar estrategicamente situada nos caminhos do sertão, tornou-se um importante ponto de encontro e descanso de boiadeiros e fazendeiros em viagens à procura de negócios, que aproveitavam a parada obrigatória para refrescar o comboio e completar a carga vendida.

No ano de 1914, a estrada de ferro Sampaio Correia chegou à localidade, trazendo com ela 
o progresso e impulsionando o desenvolvimento local. Em 25 de novembro do mesmo ano, pela Lei no 360, foi criado o município de Lajes, que na oportunidade incorporou a sede do município de Jardim de Angicos.

O município mudou de nome por força do Decreto no 268, de 30 de dezembro de 1943, passando a ser chamado de Itaretama, que significa região de pedras. Dez anos depois, em 11 de dezembro de 1953, pela Lei no 1.032, retornou ao antigo nome; voltou a ser Lajes. 
Gentílico: lajense 

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Lajes, pela lei municipal, de 26-01-1895, subordinado ao município de Jardim de Angicos.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Lajes, figura no município de Jardim de Angicos.

Pela lei estadual nº 360, de 25-11-1914, a sede do antigo município de Jardim de Angicos foi transferido para a povoação de Lajes.

Nos quadros do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o distrito de Lajes aparece como sede do município de Jardim de Angicos.

Pela lei estadual nº 572, de 03-12-1923, Lajes é elevado à categoria de município.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município já denominado Lajes é constituído do distrito sede. Não figurando o topônimo Jardim de Angicos.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual nº 603, de 31-10-1938, são criados os distritos de Jardim de Angicos e Pedra Preta e anexado ao município de Lajes.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Lajes, Jardim de Angicos e Pedra Preta.

Pelo decreto-lei estadual nº 268, de 30-12-1943, o município de Lajes passou a denominar-se Itaretama.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Itaretama ex-Lajes, Jardim de Angicos e Pedra Pedra.

Pela lei estadual nº 1032, de 11-12-1953, o município de Itaretama voltou a denominar-se Lajes.

Pela lei estadual nº 62, de 21-12-1953, é criado o distrito de Caiçara do Rio do Vento expovoado e anexado ao município de Lajes. 

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Lajes, Caiçara do Rio do Vento, Jardim de Angicos e Pedra Preta.

Pela lei estadual nº 2343, de 31-12-1958, é criado o distrito de Jandaíra ex-povoado, criado com terras do distrito de Pedra Preta e anexado ao município de Lajes.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Lajes, Caiçara do Rio do Vento, Jardim de Angicos, Jandaíra e Pedra Preta.

Pela lei estadual nº 2755, de 08-05-1962, desmembra do município de Lajes o distrito de Jardim de Angicos. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 2813, 19-01-1963, desmembra do município de Lajes o distrito de Caiçara do Rio do Vento. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 2815, de 19-01-1963, desmembra do município de Lajes o distrito de Pedra Preta. Elevado à categoria de município

Pela lei estadual nº 2971, de 29-10-1963, é criado o distrito de Firmamento e anexado ao município de Lajes

Pela lei estadual nº 3036, de 27-12-1963, desmembra do município de Lajes o distrito de Jandaíra. Elevado à categoria de município

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Lajes e Firmamento...

Fonte: IBGE

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

DIA D - COMBATE AO AEDES AEGYPTI NO BOSQUE DAS PEDRAS

 Em reunião no início desta semana na Secretaria de Saúde de Lajes, ficou acertada a intensificação dos trabalhos de combate ao Aedes Aegypti. Toda semana um bairro terá a concentração dos serviços de limpeza e conscientização durante um dia, a  fim de tentar diminuir os casos de Zika, Chikungunya e Dengue quando chegar o período chuvoso, tendo em vista a epidemia do início deste ano.  

O bairro escolhido para iniciar os trabalhos foi o Bosque das Pedras por estar situado próximo ao Rio Ceará Mirim e apresentar alguns problemas. Foram retiradas várias caçambas de lixo, entulho e mato em vários pontos do bairro; houve desgotamento de fossas e panfletagem sobre o AEDES; ainda foram visitados 5 estabelecimentos públicos: A UPA, Escola Estadual Olímpio Procópio (com sérios problemas encontrados),  Escola Municipal Dr Eloy de Souza, Hospital Maternidade Aluízio Alves e IFRN.

Parceiras na ação: Secretaria de Saúde (Vigilância Sanitária Agentes de Saúde e Endemias), Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Coordenação de Meio Ambiente), Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Garis, Tratoristas, Caçambeiro e Catadores), Secretaria de Educação (Serviço de som), Secretaria de Esportes (panfletagem). 

Apelo - De nada adiantará as ações se a população não se conscientizar, um dos principais problemas que vejo é o acúmulo de lixo em alguns quintais e terrenos baldios. 
Cunha Neto é da Vigilância Sanitária do Estado e presta assessoria técnica a Vigilância de Lajes, vai elaborar um documento e enviar à *DIRED sobre a situação da Escola Estadual Olímpio Procópio, com muito mato, lixo e focos de mosquito. 

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CEARÁ MIRIM REUNIU-SE EM LAJES

 Na última quinta, dia 1º de dezembro de 2016, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Ceará Mirim fez sua última reunião do ano. Esta aconteceu na Escola Estadual Pedro II em Lajes, município onde  nasce o Rio. O Comitê que tem a lajense Lucimar Lopes como Presidenta, é um instrumento deliberativo a respeito das ações na Bacia.

Vieram para a reunião: a técnica da SEMARH Isa Lúcia, que explicou o que é uma bacia hidrográfica, e para que serve um comitê, e ainda e ainda falou que os comitês do RN poderão receber durante 5 anos um investimento anual de 500.000,00 (quinhentos mil reais) em um acordo dos governos Fedreal e Estadual a ser dividido entre todos os comitês do Estado; Arthur Cavalcante - Coordenador Jurídico do IGARN, trouxe explicações a respeito do uso das águas (outorga, licença e dispensa e licença).

Lajes - Por estar situado em um cristal cristalino, o subsolo de Lajes não possui um grande lençol freático, apenas bolsões de água. Portanto ao escavar poços e cacimbas, os proprietários não precisam fazer outorga nem licença, mas precisa fazer um cadastro pedindo dispensa de licenciamento no site do IGARN: http://www.igarn.rn.gov.br/
À esquerda: Isa Lúcia e à direita Dr Arthur Cavalcante

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O IFRN-Campus Lajes está com um projeto de extensão sobre reciclagem

Pensamentos em um futuro melhor, (Alunos do IFRN) juntamente com 4 professores das áreas estaão arrecadando materiais recicláveis como: Garrafa, Caixas de sapato, Papelão, Garrafa de vidro, Latas, Palito de picolé, Rolo de papel higiênico e rolo de papel toalha. Para criar e fazer alguns objetos para doações para população em geral, entre esse materiais estão enfeites de Natal entre outros que podemos desenvolver. Para criação desses objetos a comunidade em geral também pode se inscrever, contudo é uma média de apenas 50 vagas. Portanto nós da turma Informática 1AM estamos pedindo a ajuda de todos para doação destes materiais, pois a turma que mais consegui arrecadar será recompensada. 

#NosAjudem 
#TudoPorUmMundoMaisLimpo💪
#TodosGanham 🌈🍃
#Info1AM

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

I FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - ADEQUAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PARA O DECÊNIO 2015 - 2024

 Hoje aconteceu o I Fórum Municipal de educação / Lajes. Os profissionais de educação e convidados passaram o dia reunidos no Centro de Idosos e no CAI, analisando o Plano Municipal de Educação em todos os níveis, da Educação Infantil à Superior, fazendo correções e contribuindo com a inserção de novas sugestões.

Durante a manhã e início da tarde os participantes dividiram-se em grupos de trabalhos, e após o almoço apresentaram a conclusão das discussões a cerca dos temas abordados. No final dos trabalhos o Presidente do SINTE Lajes fez algumas colocações em favor da classe; ao a Secretária de Educação, Irene Martins encerrou agradecendo o empenho de todos e parabenizou a todos os empenhados na conquista do sonhado Selo Unicef Município Aprovado.